Controle

[DESCRIÇÃO]

Este é um meta-episódio que sugere uma reflexão sobre controle, caos e flexibilidade. Fala sobre escolhas, automação e aprendizado. Aborda inteligência artificial no Google Ads, otimização do sentido no trabalho e a importância da criatividade humana. E mais: dica aleatória de como ganhar uma guerra nuclear.

[NOTAS DO EPISÓDIO]

// Links

// Trivia

“Este episódio foi gravado de uma só vez, com mínimas edições. Depois disso ele ficou engavetado por cerca de duas semanas.”

[TRANSCRIÇÃO]

Olá!

Talvez não seja de nenhuma ajuda eu te lembrar que nós estamos presos numa bola que viaja pelo universo numa velocidade incrível, independente da nossa vontade, e que o nosso pequeno sol vai morrer em breve, pelo menos em termos cósmicos.

A nossa mente precisa da sensação de controle para funcionar e talvez seja por isso que algumas pessoas gostem tanto de trabalhar com Google Ads. Se transformássemos em botões físicos todas as opções presentes no Google Ads, pareceria que estamos diante da sala de controle de uma usina nuclear.

INTRO

Ei! Aqui é o Amarred, e você está ouvindo Google Ads na Veia: um podcast criado para ajudar empreendedores e profissionais de marketing a elevar o nível de suas campanhas e alcançar melhores resultados no Google. Ok, vamos fazer isso!

Muita coisa nesse podcast ainda vai mudar e provavelmente até mesmo nome. Talvez eu traga mais notícias, uma série de entrevistas, perguntas e respostas e, principalmente, perguntas sem respostas.

Controle é um trem engraçado. Se você pegar um conjunto de dominós e colocá-los em pé, enfileirados face a face, com uma pequena distância entre eles… bom você sabe o que acontece. Basta iniciar um movimento, tombando a primeira peça e as demais vão cair, uma a uma, até a última peça.

Você inicia a coisa e acha que sabe como será o fim. Mas se você repetir esse experimento um número suficiente de vezes vai ver que alguma hora algo não sai como o esperado.

É o caos, que entra na equação.

Se uma peça se recusa a se comportar como previsto ela quebra o sistema.

 INTRO ALTERNATIVA – GOOGLE ADS REVOLUTION

Ei! Aqui é o Amarred, e você está ouvindo Google Ads Revolution: um podcast criado para ajudar empreendedores e profissionais de marketing a elevar o nível de suas campanhas e promover mudanças significativas no mundo. Ok, vamos fazer isso!

O caos tá impregnado no código fonte do universo e a última fronteira para o controle.

Na mídia de performance também. Ela parece previsível até que, de repente, não é mais.

As coisas mudam, as pessoas mudam e as buscas também mudam.

Se o controle total impossível, precisamos de flexibilidade. Com flexibilidade, cada passo é mais parecido com uma escolha.

CPC manual, testes A/B, palavras-chaves negativas, canais selecionados a dedo e muito mais.

Repita, altere, mensure. Abra portas diferentes. Numa delas os resultados serão melhores, mas você não vai saber se não estiver prestando atenção.

Com tantas opções, é provável que cada profissional use o Google Ads de uma forma diferente.

Exceto, é claro, aqueles que deixam tudo que podem no automático.

Você é do tipo de profissional que deixa tudo que pode no automático eu do tipo que deixa tudo que pode no modo manual?

Todo mundo vai errar, isso eu garanto. Errar é obrigatório, mas alguns vão aprender mais com os seus erros do que os outros.

A inteligência artificial também tem as suas limitações. No filme 28 Days Later, lançado aqui no Brasil como “Extermínio”, Jim acorda de seu coma num hospital vazio em Londres.

O mundo tinha virado de cabeça para baixo por causa de uma pandemia enquanto ele estava dormindo.

O “novo normal” do filme não é nada parecido com o que o jovem sabia do mundo e para sobreviver ele vai ter que reaprender a viver.

Se você é uma das pessoas que deixa a maior parte das decisões do Google Ads a cargo da inteligência artificial e suspendeu as suas campanhas assim que academia começou, o que será que vai acontecer quando você religar as campainhas?

Eu não estou dizendo que você nunca deva usar inteligência artificial, mas que use a sua inteligência real ao mesmo tempo.

Se você não fizer pelo menos isso, os seus dias vão ficar muito parecidos.

É como os neurocientistas dizem: o cérebro, para economizar energia, só faz registro das coisas novas.

Quando você está no controle, você pode criar novos movimentos, acompanhar a evolução, mensurar os resultados, reconhecer o caos e usar a flexibilidade para adaptar com base nos seus aprendizados.

Assim, todo dia será um novo dia e você vai realmente ver ele passando.

Deixe o seu cérebro em stand by e você pode acordar um dia, descobrindo que o seu “ontem” aconteceu há 5 anos atrás.

INTRO ALTERNATIVA – GOOGLE ADS MINDFULNESS

Ei! Aqui é o Amarred, e você está ouvindo Google Ads Mindfulness: um podcast criado para ajudar empreendedores e profissionais de marketing a elevar o nível de suas campanhas e alcançar melhores resultados na vida. Ok, vamos fazer isso!

Muitas ideias, muitos testes. Mas testar coisas aleatoriamente seria disputar com inteligência artificial no que ela tem de melhor.

E aí, no final do dia, é ela que vai ficar com uma fração do seu contracheque (e o resto vira lucro).

Se for para disputar, as suas chances de ganhar no campo da criatividade são bem maiores, pelo menos por enquanto.

Você também pode não disputar nada. O único jeito de ganhar uma guerra nuclear é não entrando em guerra e a verdade é que não existe verdadeiramente uma forma de usar o Google Ads e ter todo o controle nas suas mãos.

As automações sempre foram parte inerente do sistema, apenas estão tomando mais espaço.

Enquanto, isso as opções manuais vão ficando cada vez mais escondidas, em alguns casos à vários cliques de distância.

Se continuar assim, daqui a cinco anos talvez do Google Ads crie o primeiro login anti-captcha: você vai ter que desmarcar um quadradinho para provar que você é um robô.

Google, se você estiver escutando, por favor, não tira o nosso controle.

Tá, isso foi uma piada. É lógico que você tá escutando. Quer ver?

– Ok Google… despertador para daqui a cinco anos.

– Só é possível criar alarmes para as próximas 24 horas.

– Droga.

Deixe que nós, os humanos, façamos o trabalho criativo. Temos uma grande história de adaptação para contar.

Quem tenta escrever um livro com uma furadeira sabe que qualquer chance de sucesso virá da criatividade humana.

Conhecemos melhor o nosso negócio, conhecemos melhor o negócio dos nossos clientes e conhecemos melhor as pessoas, não para manipulá-las, mas para ajuda-las a chegar onde elas querem chegar. Com controle, flexibilidade e de forma criativa.

Quando eu apertei aquele botão e publiquei o primeiro episódio desse podcast, eu apenas derrubei a primeira peça, mas não tinha ideia de para onde que as outras iam tombar.

Você que tá me escutando, sinto muito se você queria ter uma previsibilidade de publicações, uma noção, um escopo, um resumo, qualquer senso de controle sobre algo que, evidentemente, você não controla.

Com isso eu vou chegando no final do meu meta-episódio aleatório sobre controle, de um podcast que pode mudar de nome.

Se você gostou do episódio, você não tem ideia o quê que eu vou fazer no próximo.

Eu também não.

Você acaba de ouvir um podcast desestruturado, criado por um host provavelmente perturbado. Não há previsibilidade nas publicações e você nunca sabe o que vai acontecer.

Fique à vontade para assinar, ou não.